Armadilhas fotográficas flagram onças e mais 13 animais

Uma pesquisa conduzida pelo Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) conseguiu registrar ao menos 15 espécies de animais vivendo livremente em 43 pontos do perímetro do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães. Entre os animais encontrados estão alguns quase ameaçados de extinção como a anta, o tamanduá-bandeira e o lobo-guará, além de onças.

Foto: RD News

Segundo a professora Viviane Layme, que conduziu a pesquisa da mestranda Marina Lima, o objetivo do estudo é o de mapear exatamente as localidades onde os mamíferos que vivem em Chapada costumam Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!